capa pof 2017-2018Os propósitos principais das Pesquisas de Orçamentos Familiares – POFs, realizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, são disponibilizar informações sobre a composição orçamentária doméstica e sobre as condições de vida da população, incluindo a percepção subjetiva da qualidade de vida, bem como gerar bases de dados e estudos sobre o perfil nutricional da população.

Nesta publicação são apresentados os resultados referentes às quantidades da aquisição de alimentos para consumo no domicílio, per capita no ano, de alimentos e bebidas da população residente no Brasil e Grandes Regiões, por classes de rendimento, quintos de rendimento e situação do domicílio, e a comparação com as pesquisas anteriores de 2002-2003 e 2008-2009. As quantidades de produtos foram obtidas através dos registros informados pelas famílias em cada domicílio selecionado para a pesquisa. As aquisições realizadas com alimentação fora do domicílio não são objeto da presente publicação.

Além destas informações, também são apresentados os resultados do estudo realizado a partir dos dados da aquisição alimentar domiciliar per capita. O estudo teve por objetivo identificar a nova realidade da condição nutricional observada na disponibilidade alimentar para consumo nos domicílios brasileiros.

Esse estudo é fruto de parceria celebrada com o Ministério da Saúde, que visou a investigação de temas de interesse específico na POF 2008-2009 e viabilizou, em particular, com o aporte dos recursos necessários, o levantamento de um conjunto de informações que permite, agora, realizar uma série de avaliações sobre o estado nutricional da população brasileira.

A avaliação dos aspectos nutricionais da disponibilidade, em face a natureza do tema, exigiu, além da participação dos técnicos das instituições parceiras, que o Ministério da Saúde agregasse a visão de especialistas em nutrição, de reconhecida experiência e competência, que contribuíram tanto na concepção da estrutura da publicação como na preparação das informações e nas análises das mesmas.

As análises, aqui apresentadas, tomaram por base as aquisições de alimentos e bebidas para consumo no próprio domicílio, expressas em quilogramas, que foram transformadas em calorias, segundo a composição nutricional de cada produto. Os aspectos observados a partir da exploração dos dados são identificados e analisados, no estudo, pelas famílias residentes em áreas urbana e rural, por Grandes Regiões e por diferentes quintos de rendimento. A evolução, a partir de pesquisas anteriores, das variáveis sob investigação também é descrita.

Também são apresentados uma descrição resumida dos procedimentos utilizados na coleta e tratamentos das informações da pesquisa e é descrito o modelo metodológico aplicado para cálculo das estimativas das quantidades adquiridas per capita.

Essas informações também estão disponíveis para download no portal do IBGE na Internet, bem como as tabelas de resultados. O IBGE agradece a todos que contribuíram para a realização da pesquisa, particularmente às famílias entrevistadas, e coloca-se à disposição dos usuários para quaisquer esclarecimentos.

IBGE, 2020.

Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101704.pdf

Tags:
%d