Programa Piloto para pagamento por resultados de REDD: beneficiando quem preserva a floresta? Este artigo traz informações sobre a implementação pelo governo brasileiro do “Programa Piloto para Pagamento por Resultados de REDD+”. Tal Programa recebeu recursos do Fundo Verde para o Clima, com valor aproximado de 513 milhões. A partir do cenário no qual o Programa foi proposto e situando-o no atual contexto de desmonte da política socioambiental no país, são apresentadas preocupações sobre sua implementação. O documento procura demonstrar de que maneira o referido Programa foi incorporado como parte de uma iniciativa maior lançada pelo governo federal denominada “Floresta + Carbono”. Defende-se estar ocorrendo um giro da política nacional rumo ao ambientalismo de mercado, com elevados riscos de prejuízos aos beneficiários normalmente pensados para o projeto: agricultores, familiares, povos indígenas e povos e comunidades tradicionais.

Clique aqui para fazer download da publicação.

%d