o enfrentamento de duas pandemias

Apesar das evidências crescentes da necessidade de adotar dietas saudáveis, a pandemia da COVID-19 gerou uma oportunidade única para a indústria de alimentos e bebidas, no sentido de lucrar nos países de baixa e média renda.

Durante a crise, empresas multinacionais como a Coca-Cola, McDonald’s e Nestlé, entre outras, promoveram rapidamente alimentos ultraprocessados não saudáveis e bebidas açucaradas.

Essas grandes empresas têm adotado múltiplas estratégias de marketing durante a pandemia da COVID-19, apelando para sentimentos como
nostalgia e conforto enquanto as pessoas ao redor do mundo permanecem dentro de casa, em quarentena.

Os defensores de políticas de alimentação saudável já expressaram preocupação em relação a essas atividades da indústria alimentícia. As estratégias de marketing dessas grandes corporações têm explorado a vulnerabilidade dos consumidores durante a quarentena para promover junk food como elixir durante esses tempos difíceis.

A publicação, produzida pela Global Health Advocacy Incubator (GHAI) está disponível para download gratuito aqui.

%d