A Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável do Rio Grande do Sul acaba de lançar uma nota de posicionamento contra a privatização da Corsan – Companhia Riograndense de Saneamento, e em defesa da água e saneamento públicos, confira abaixo ou baixe aqui a versão em papel timbrado.

Nota da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável do Rio Grande do Sul em Defesa da Água e Saneamento Públicos

A água é um elemento essencial para a manutenção da vida e dos ecossistemas do nosso planeta. O acesso à água potável e ao saneamento é um direito humano essencial e está garantido na Constituição Brasileira.

Desse modo, o Poder Público tem o dever de garantir a todos e o acesso à água em caráter suficiente, seguro, acessível e a valores sustentáveis para o uso doméstico. Trata-se de uma prestação de serviço essencial que deve ser assegurada por empresa pública que represente o interesse genuíno do povo gaúcho.

A mercantilização da água, por meio da venda da Corsan, claramente conduz à privatização de um direito humano essencial à manutenção da vida e põe em risco os mais vulneráveis e desfavorecidos pela dificuldade de acesso, riscos, doenças e conflitos de comunidades em que o acesso à água já é limitado ou inexistente.

Neste sentido, nós da Aliança nos posicionamos em favor da vida e contra a privatização da Corsan.

Porto Alegre, 24/08/2021

Tags:
%d