Hoje, no dia mundial da infância, o GT Comida de Criança da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável acaba de lançar a vídeo animação  “O que é comida de criança?”. Com pouco mais de três minutos de duração, utilizando fotos e ilustrações animadas, o vídeo traz informações a respeito do aleitamento materno e alimentação complementar, e alerta para ações corporativas das indústrias de produtos ultraprocessados, não-saudáveis, como a publicidade direcionada às crianças. Confira abaixo na íntegra – ou acesse diretamente no Youtube. 

O que é comida de criança?

O Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) instituiu o Dia Mundial da Infância, em  21 de março, com o objetivo de promover a reflexão acerca das condições de vida das crianças, considerando os diferentes processos históricos e culturais em que elas estão inseridas. O Brasil é signatário de tratados internacionais de direitos humanos que reconhecem o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) como fundamental. A garantia desse direito tem duas dimensões: o direito ao acesso a alimentos em quantidade suficiente e o direito a que esses alimentos oferecidos sejam saudáveis, reconhecendo os papéis social, cultural e simbólico que a comida exerce em cada comunidade.

Portanto, é responsabilidade e dever do Estado brasileiro apoiar, promover e proteger o direito das crianças a uma alimentação adequada e saudável. Nessa perspectiva, isso deve ocorrer desde a oferta do primeiro alimento na primeira hora de vida: o leite materno. E que todas as pessoas que amamentam possam amamentar até 2 anos ou mais, oferecendo somente o leite materno até 6 meses, e que na alimentação complementar sejam oferecidos alimentos in natura ou minimamente processados, além do leite materno, a partir dos 6 meses.

Vale lembrar que a proteção ao DHAA também é viabilizada na garantia de outros direitos como licenças maternidade e paternidade, garantia de emprego e renda, acesso à creche, implementação de mecanismos de regulação da publicidade e da oferta de substitutos do leite materno e de alimentos direcionados ao público infantil.

Além da reflexão proposta pela UNICEF, essa data também é um chamado para ação para que as omissões e as violações aos direitos das crianças sejam sistematicamente superadas. Com a realização deste vídeo, o GT Comida de Criança espera estar contribuindo com esse chamado, ao expor táticas comerciais utilizadas pela indústria dos ultraprocessados para direcionar produtos e confundir famílias e crianças sobre o que é uma alimentação adequada e saudável para todos e todas. 

%d